quinta-feira, 11 de setembro de 2008

CHEGA DE CAFÉ DE CHALEIRA*...

... e pare de chover, São Pedro

*CHEGA DE CAFÉ DE CHALEIRA - O folclonista Paixão Côrtes protagonizou uma das primeiras propagandas de gaúcho, acho que no começo dos anos 70, em que ele, pilchado a rigor, metia o pé num fogo que aquecia uma chaleira para o preparo do tal"café de chaleira", um café primitivo que se usava fazer na Campanha (água fervente, sobre a qual se largava o pó de café e uma brasa, propriamente dita, que fazia o pó ir se depositar no fundo) e então dizia a frase, para em seguida anunciar um café solúvel. A partir disso se usava, de brincadeira, falar a frase sempre que se queria expressar desejo de mudança de rumos, real ou figuradamente.

Nenhum comentário: